Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Refletindo sobre Deus não levar velhacos para os céus. Parte I.


Romanos 13:8- A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos ameis uns aos outros; porque quem ama aos outros cumpriu a lei.

As dividas são sem sobra de dúvidas o pior pesadelo de uma pessoa honesta não conheço  um único Cristão, que tenha experiência com dívidas, para dizer que ficou tranqüilo ou que não se sentiu por vezes em pecado.


Deus não leva velhacos para o Céu, mas uma questão que me pergunto sempre é: como posso ter certeza de que não sou um velhaco? Um enrolado, um falsário; existem algumas características que diferenciam um devedor situacional de um devedor opcional ou velhaco.

Um devedor situacional não compra se não puder pagar, mas acontece por vezes, que uma circunstância qualquer, lhe coloque em situação difícil e tomo como exemplo a minha pessoa, nuca fez compras com desejo de não pagar ou sabendo que não pagaria.

 Há uma grande diferença em quem não se importa com o que deve em relação a quem se importa e deseja não dever nada há ninguém. Contudo e preciso analisar dois aspectos justo-combinados o primeiro está ligado à cultura sociológica do Brasil que é um de pessoas endividadas, o que leva um número cada vez maior de brasileiros estarem endividados, ou sem condição de pagar suas dividas?


Segundo a concentração de rendas nas mãos de poucos e o esforço produtivo nas mãos de muitos, os que trabalham e fazem a economia girar são muitos, mas os que realmente lucram são poucos, nas Palavras de Max os capitalistas ou donos do capital.

Sobre isto é importante vermos o que diz   http://solascriptura-tt.org/VidaDosCrentes/ComRiquezas/Financas-Laerton.htma Este estudo bíblico com seus princípios, exemplos e  pergunta tem por finalidade ajudar a três tipos de cristãos em situações diferentes: O crente endividado que precisa de ajuda para sair do buraco em que caiu; Aquele que ainda não está, mas se continuar passando por cima dos princípios bíblicos, mas cedo ou mais tarde vai ser arrastado para o  desastre financeiro.”
Tenho dividas, todas pagáveis e não vou morrer ou ser Arrebatado sem pagar minhas dividas, mas porque devo por que certas circunstâncias me levaram a isto, mas vive Deus e vive a minha alma que nunca ouve um só dia que eu não tenha desejado pagar minhas dividas.

Para aqueles que matam para roubar ou que fazem fortunas desviando verbas, e roubando a coisa pública é fácil pousar de bom pagador, como dizia o velho deitado ladrão honesto é pior do que cobra sempre trabalhou dura nunca tive muita ajuda na minha vida financeira.
No entanto sempre vivi do suor de meu rosto não recebo ou recebi salário da injustiça e nunca aceitei suborno contra o inocente, a verdade é que por ter sido criado longe da tutela de meus pais nunca tive uma limitação de valores coisas estás que só vim aprender agora, recentemente.

Mas como dissemos Deus não leva velhacos para os céus sendo assim, o que uma pessoa que pode pagar suas dividas e não pago é um réu do juízo e da justiça divina, um cristão verdadeiro não vai marca datas nas quais sabe que não vai ter dinheiro, mas acontece que às vezes alguém nos diz amanhã te pego ai dizemos para os nossos credores exemplo Editora Ultimato.

Ai chega o dia é o dinheiro não sai então de honestos passamos a enrolados etc., mas a verdade é que em muitos casos não por vontade nossa e sim por circunstância, de tempo espaço e lugar nem tudo é o que parece na próxima postagem falaremos do caráter dos devedores.            

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.