Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

A volta de Jesus Cristo e o cristo da globalização.!


Abdu’l’ Bahá foi um mestre da globalização e como todo mestre ele tinha paciência em explicar os planos da nova ordem mundial. Os seus discursos algumas vezes eram longos, por esse motivo segue abaixo apenas alguns trechos de sua palestra realizada em Paris no ano de 1911 sobre a origem do cristo da globalização:


O VERDADEIRO SIGNIFICADO DAS PROFECIAS CONCERNENTES À VINDA DE CRISTO SEGUNDO ABDU’L’BAHÁ

O Messias procederá de uma cidade desconhecida. Sentar-se-á no trono de Davi, e vede, Ele virá com uma espada de aço, e com um cetro de ferro Ele reinará! Cumprirá a lei dos Profetas, conquistará o Leste e o Oeste e glorificará o Seu povo eleito, os judeus (... )

Comentário.: Aqui Abdu’l inverte o sentido verdadeiro, pois ele se refere a uma passagem deixada pelo profeta Daniel sobre o Anticristo e não do verdadeiro Messias:

Virá também caladamente aos lugares mais férteis da província, e fará o que nunca fizeram seus pais, nem os pais de seus pais; repartirá entre eles a presa e os despojos, e os bens, e formará os seus projetos contra as fortalezas, mas por certo tempo. (Daniel 11 : 24)

xxxxxx

(...)Assim os judeus pensavam e falavam, pois não entendiam as Escrituras nem as gloriosas verdades nelas contidas. A letra eles sabiam de cor, mas do espírito vivificante nada compreenderam...

Comentário: De fato os Judeus não conhecem a Bíblia e muito menos Abdu’l’bahá. Abaixo ele diz que as profecias referentes ao Senhor Jesus já foram cumpridas:

xxxxxxx

(...)Escutai, e eu vos explicarei o significado disso. Embora tivesse vindo de Nazaré, que era um lugar conhecido, Ele veio também do Céu. Seu corpo nasceu de Maria, mas Seu Espírito veio do Céu. A espada que Ele carregava era a espada da Sua língua, com a qual separou o bom do mau, o verdadeiro do falso, o fiel do infiel e a luz da treva. Sua Palavra era realmente uma espada afiada! O trono no qual Cristo se sentou é o Trono Eterno de onde Ele reina para sempre, um trono celestial, não terreno, pois as coisas da terra passam, mas as coisas celestiais não passam.(...)

O objetivo disso foi dizer que o Senhor Jesus foi apenas mais um profeta para justificar a teoria da revelação progressiva. Dessa forma ele prepara o caminho para que os Judeus aceitem a revelação de Baha’u’llah como verdadeira:

xxxxxxxxxx

(...) Assim, todas as profecias espirituais relativas à vinda de Cristo foram cumpridas; mas os judeus fecharam os olhos a fim de que não vissem e os ouvidos para que não escutassem, e a Realidade Divina de Cristo passou por entre eles despercebida, não amada e não reconhecida (...)

Abdu’l aplicou o primeiro vale dos sete vales chamado de “o vale da busca” que consiste em trocar a verdade absoluta pela relativa. O objetivo dessa palestra foi mostrar que o Anticristo não é Judeu e sim Inglês! Baha’u’llah deixou essa ordem escrita em uma epístola enviada a Rainha Vitória com a promessa que da sua descendência surgirá o grande executivo mundial. Abaixo um pequeno trecho dessa epístola guardada a sete chaves pela coroa Britânica:

“Compete-lhes, entretanto, ser dignos de confiança entre Seus servos e considerar-se a si próprios como os representantes de todos os que habitam na terra. É o que lhes aconselha, nesta Epístola, Aquele que rege, o Onisciente... Bem-aventurado aquele que entra na assembléia por amor a Deus e julga entre os homens com pura justiça. Ele, em verdade, é dos ditosos.”

Atualmente no topo da monarquia está a rainha-mãe, porém logo abaixo dela está o príncipe Charles, o príncipe Willian e o príncipe Harry. A família real é da linhagem merovíngia que afirma ser descendência direta de Jesus Cristo e de Maria Madalena durante séculos.

O parlamento mundial proposto por Baha’u’llah é uma copia do sistema político britânico. A pauta do dia é lida e o Anticristo juntamente com os seus nove mestres eleitos decidem o que será feito influenciados pela besta de dois chifres (seus mentores espirituais) e esses por sua vez são inspirados nos ensinamentos de Baha’u’llah descritos no Kitáb-i-aqdas (a carta magna da nova ordem mundial).
Basta acompanhar as notícias do dia a dia pra ver que os lideres mundiais estão confusos para resolverem os problemas da humanidade através do consenso multilateral, essa é uma forma de condicioná-los para aceitarem as futuras leis do Anticristo e o seus 9 mestres eleitos, ou seja a Besta de 10 chifres, e isso de boca calada sem contestar. Agora é só esperar a veracidade desses documentos através das notícias do dia a dia , pois todos receberão poder ao mesmo tempo.


Como satanás está preso e selado no inferno (Ap 20:3) ele transfere o seu poder e trono para Baha’u’llah e esse batiza os lideres mundiais com o falso espírito santo que transformará esses homens em meta-humanos do mal:

E os dez chifres que viste são dez reis, que ainda não receberam o reino, mas receberão poder como reis por uma hora, juntamente com a besta. (Apocalipse 17 : 12)

Ainda não se tem a data, mas o local da cerimônia de posse será no santuário do Bab em Haifa-Israel, uma província fértil da Terra Gloriosa (Daniel 11 : 24).

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

A volta de Jesus Cristo é o Suposto Senhor das Hostes.


E disse-lhes: Eu via Satanás, como raio, cair do céu. (Lucas 10 : 18)

De alguma forma se dentro ou fora do corpo (só Deus sabe) Baha'u'llah foi arrebatado para as regiões celestiais e escreveu o livro "O chamado do Senhor das Hostes". Nesse livro existem 3 partes que são de extrema importância para entender como surgiu o governo espiritual que manipula toda a humanidade.

1) Quem realmente é o Senhor das Hostes
No versículo abaixo vemos um ser espiritual mais elevado do que Baha'u'llah revelando para ele a sua glória...

20 Ó Ouvidos deste Templo! Purificai-vos de todo clamor vão eescutai a voz de vosso Senhor. Ele, verdadeiramente, revela para vós, do trono da Glória

...esse ser transfere todo o seu poder, autoridade e trono para Baha'u'llah:

6).... Quiçá possam se levantar, diante dos habitantes da terra e do céu, para exaltar e magnificar este Jovem que Se estabeleceu, no âmago do Paraíso, sobre o trono de Seu nome, o Auxiliador Todo-Suficiente... (O jovem auxiliador nesse caso é Baha'u'llah).

Ora, o Senhor Jesus veio estabelecer um reino espiritual e não material então o verdadeiro Senhor das hostes é lúcifer: Observe que ele (lúcifer, o dragão, satanás) transfere o seu poder para Baha'u'llah exatamente como está escrito na Bíblia:

E adoraram o dragão que deu à besta o seu poder; e adoraram a besta, dizendo: Quem é semelhante à besta? Quem poderá batalhar contra ela? (Apocalipse 13 : 4)


2) O encontro com a Donzela dos céus

6 .... Voltando Meu rosto, vi uma Jovem - personificação do nome do Meu Senhor - suspensa no espaço diante de Mim. Tão jubilosa estava em sua própria alma, que seu semblante irradiava a graça Divina .... Pairando entre o céu e a terra, fez uma exortação que cativou o coração e a mente dos homens.

A Rainha ou Donzela dos céus continua seduzindo o coração e mente dos homens exatamente como nos tempos do profeta Jeremias :

Os filhos apanham a lenha, e os pais acendem o fogo, e as mulheres preparam a massa, para fazerem bolos à rainha dos céus, e oferecem libações a outros deuses, para me provocarem à ira. (Jeremias 7 : 18)

A função da Rainha dos Céus é seduzir o falso profeta (o papa) para ser o líder do parlamento das religiões.


Em outra parte do livro Bah'u'llah profetiza a saída da rainha dos céus de seus aposentos. Aqui ele já se transformou no Senhor das Hostes, pois satanás lhe transferiu parte de seu poder:

22 Ó Donzela dos significados interiores! Sai do aposento da expressão com a permissão de Deus, o Senhor dos céus e da terra.


3) O trono do Senhor das Hostes


Mais adiante no mesmo texto a rainha dos céus é exortada a revelar o sinal unificador da humanidade...

Revela, então, teu próprio ser, adornado com o ornamento do Reino celeste ...parra que, talvez, os habitantes deste mundo possam perceber a luz que brilhou do Reino de Deus, quando a Estrela Guia da eternidade surgiu acima do horizonte da glória.

Baha'u'llah interpretou literalmente esse versículo! A estrela-guia ou"deus-estrela" renfã se transformou no símbolo oficial da fé Bahá'i e do parlamento das religiões.

Em outra passagem o senhor das hostes (agora Baha'u'llah) revela o número 9 como o número do governo mundial:

51 Dize: Revelamos nossos versículos em nove maneiras diferentes....Uma única delas é suficiente como prova.

Nove maneiras significa que de um único número (9) é o suficiente para criar a Nova Ordem Mundial
.

Depois dessas instruções Baha'u'llah teve a visão primitiva do governo mundial. Uma estrela de 9 pontas(sinal) , o seu nome e o número de letras do [1] seu nome. Abaixo uma figura do governo antes da sua distribuição:

Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome. (Apocalipse 13 : 17)

Essa é a origem espiritual da globalização! Após esse chamado Baha’u’llah escreveu centenas de livros estabelecendo todo o seu programa de governo e organizou o número 9 no governo mundial. E desde então homens e mulheres em toda a parte do mundo começaram a trabalhar pelo estabelecimento da Nova Ordem Mundial. Abaixo a passagem do livro que fala sobre essa declaração:

34 Dentro em breve Deus suscitará, do âmago do poder, as mãos da ascendência e grandeza e fará surgir um povo que se levantará para conquistar a vitória

O poder legislativo encontra-se na Casa Universal de Justiça e poder executivo é a ONU.



__

[1] Como satanás sempre quis ser DEUS e transferiu o seu poder e glória para Baha'u'llah essa palavra significa "a glória de DEUS" em português.



__

Referência:


O livro "O chamado do Senhor das Hostes"


Atenção! Antes de ler os escrtitos Baha’is e fundamental a meditação bíblica, a orientação de DEUS e o conhecimento do livro de Apocalipse.

 


quarta-feira, 27 de novembro de 2013

A volta de Jesus Cristo, e o Banco mundial de Baha’u’llah.


Resumo: Antes de destruir qualquer sistema corrupto do mercado financeiro é preciso ter lastro em ouro para criar outro pior.

A principal 
instituição financeira da ONU,O Banco Mundial, até osdias de hoje mostrou –se totalmente impotente para resolver os problemas causados pela globalização. Isso ocorre devido aos sentimentos materialistas como avareza, corrupção e ganância envolvendo toda a estrutura do Banco.

Ordem Mundial de Baha’u’llah pretende reformar ou criar uma outra instituição financeira onde a corrupção seja substituída pela cooperação. Para que esse processo tenha inicio deverá ocorrer em breve a revelação de seus sinais mágicos e posteriormente o batismo com o falso Espírito Santo em toda a humanidade que não conhece o verdadeiro DEUS. Sobre a chegada desse dia, o Guardião da Fé S.Effendi deixou essa infeliz frase descrita abaixo:

[
1] - “Se volvermos o olhar ao passado, se investigarmos a Bíblia e o Alcorão, prontamente reconheceremos que nem a Dispensação Cristã nem a Islâmica podem oferecer um paralelo, quer ao sistema de Economia Divina tão cuidadosamente estabelecido por Bahá'u'lláh...”

Essa frase foi muito infeliz, pois o guardião diz em outras palavras que os ensinamentos do Senhor Jesus e da Bíblia não chegam nem perto dessa futura economia divina.

Mas “economia divina de Baha’u’llah” é tão “prefeita” que nem mesmo os baha’is sabem como isso será criado.Em nenhuma parte de suas escrituras isso está escrito de forma explícita. O que foi oculto por ele é totalmente revelado na Bíblia sagrada nos versículos abaixo:

Compete a Besta de dois chifres (Ap 13:11) criar os sinais de unificação (Ap 13:13), criar a imagem (AP 13:14) e a voz da besta do abismo (Ap 13:15) para que se convertam na nova moeda divina Ap 13:17).

Não compete a fé Baha’i dar início a economia divina e sim a maçonaria. Somente após o cumprimento das profecias Bíblicas a construção do futuro banco poderá ser entregue ao grande executivo internacional (vulgo Anticristo) mencionado pelo guardião da fé :

[1] - “Tal estado terá que incluir dentro de seu campo de ação um Executivo Internacional capaz de exercer autoridade suprema e inquestionável...”

Cabe ao Executivo internacional: administrar o Novo 
Banco Mundial, promover os ajustes necessários na economia (a degolação dos cristãos deixados para trás descrita em Ap 13:15) e ser o responsável por todo o lastro de ouro do mundo.

Foi para esse fim, "abençoar" o lastro de ouro, que Abdu’l’bahá (filho de Baha'u'llah) proferiu palestras no Egito consolidando as bases da futura economia, mas para que o Anticristo tenha acesso a esse lastro Baha’u’llah deixou pronta a sua árvore genealógica (foto). A relação conta com mais de 60 nomes. Além disso ele enviou uma epístola para a Rainha vitória dizendo que da sua descendência surgirá o grande executivo mundial:
"Ó RAINHA EM LONDRES! Inclina teu ouvido para a voz de teu Senhor, o Senhor de toda a humanidade, que clama do Loto Divino:
Compete-lhes, entretanto, ser dignos de confiança entre Seus servos e considerar-se a si próprios como os representantes de todos os que habitam na terra. É o que lhes aconselha, nesta Epístola, Aquele que rege, o Onisciente...”

Dessa forma um descendente da dinastia merovíngia inglesa que afirma ter descendência do rei Davi de Israel, de Jesus, de Maomé e do Islã poderá tapear todas essas religiões usando a genealogia criada por Baha’u’llah e subir ao poder com pouca gente ( 9 pessoas):

E, depois do concerto com ele, usará de engano; e subirá, e se tornará forte com pouca gente. (Daniel 11 : 23)

E finalmente com o lastro de ouro em suas mãos o Anticristo poderá criar o seu sistema financeiro vindo do nada através do Banco Mundial de Baha’u’llah para seus objetivos pessoais.

Para achar esse tesouro nas mãos o anticristo não precisa procurar por ele como no filme “A lenda do tesouro perdido.” Afinal...investir em uma identificação biométrica por voz em escala global e em outras tecnologias para a marca da besta será necessário um grande lastro de ouro como garantia de pagamento.


Referências:
[1] – Do livro “ A nova ordem mundial de Baha’u’llah

[2] – Lastro de ouro: - O mais maleável de todos os metais não corrói (...) Por todas essas qualidades, no antigo Egito o ouro já era o material favorito para a fabricação de jóias (...)Sua raridade também faz com que seja extremamente valioso. Se existisse em abundância, isso não aconteceria", afirma o economista Mailson da Nóbrega. 
O chamado lastro de ouro, como valor de referência para as moedas nacionais, porém, só foi adotado em 1821 pela Inglaterra – antes disso, a prata era o metal monetário por excelência. Cerca de 40% do ouro mundial passou a ser reservado, então, pelos bancos centrais das nações mais ricas, como garantia de valor do seu dinheiro.

 

terça-feira, 26 de novembro de 2013

A volta de Jesus e A formação do Super Estado mundial.

Tal estado terá que incluir dentro de seu campo de ação um Executivo Internacional
capaz de exercer autoridade suprema e inquestionável sobre qualquer membro recalcitrante da comunidade mundial; um Parlamento Mundial, cujos membros serão eleitos pelos povos de seus respectivos países..”(do livro A novaordem Mundial de Baha’u’llah)

Após a conclusão do Kitáb’i’Aqdas em 1873 (a carta magna da nova ordem mundial) e a morte de Baha’u’llah em 1892, Abdú’l’Bahá (foto) iniciou um período de viagens estratégicas para consolidar definitivamente a nova ordem. Abaixo segue uma rápida cronologia de suas viagens.

1909, agosto a 1911, agosto 'Abdu'l-Bahá viaja ao Egito e divulga a Fé de Bahá'u'lláh.
1911, 11 de agosto 'Abdu'l-Bahá parte para a Europa.
1911, 4 de setembro 'Abdu'l-Bahá chega em Londres para Sua primeira visita à Europa. - Por três meses divulga a Mensagem de Bahá'u'lláh em Londres, Bristol e Paris.
1911, 2 de dezembro 'Abdu'l-Bahá volta ao Egito, onde passa o inverno.
1912, 11 de abril 'Abdu'l-Bahá chega em Nova Iorque para uma estada de 9 meses durante a qual percorreu os Estados Unidos de 
costa a costa, além de visitar o Canadá.
1912, 5 de dezembro 'Abdu'l-Bahá parte para a Europa.
1912, 13 de dezembro 'Abdu'l-Bahá chega em Londres para uma Segunda visita à Inglaterra e, em seguida, à França. Também visitaria Stuttgart, na Alemanha, Viena, na Áustria, Budapeste, na Hungria, entre outras cidades nas quais ficou por apenas um ou dois dias.
1913, 13 de junho 'Abdu'l-Bahá parte em direção ao Egito, encerrando Suas históricas viagens ao Ocidente, durante as quais a Fé Bahá’í foi apresentada em grandes encontros com todos os níveis da sociedade e proclamada intensamente pela imprensa americana e européia.
1913, 5 de dezembro 'Abdu'l-Bahá volta à Terra Santa

Para cada uma dessas regiões: Egito, Estados Unidos, Inglaterra, Europa e a Terra Gloriosa (Israel); foram entregues uma parte do
governo mundial que serão reunidas muito em breve no futuro parlamento:

1) Do Egito: O Egito é regido pelo Deus hórus ou o olho de Lúciferque Simboliza o olhar de satanás sobre as finanças do mundo e que hoje encontra-se em poder dos EUA.

2) Dos Estados Unidos: Na sua viagem aos EUA Abdu’l’bahá consolidou a economia americana como a predominante no mundo, sendo que até os dias de hoje é controlada pelo olho de Hórus (vide nota de um dólar) , mas isso por pouco tempo. A independência dos EUA e a sua divisão política são um modelo que será aplicado em
escala mundial.
Um dos motivos da revolta da independência dos EUA foi a criação de um selo econômico. Algo semelhante a esse selo será implantado na humanidade, mas a revolta será contida através do uso de feitiçaria (como descrito no livro de Apocalipse cap.13) para tapear boa parte da humanidade.

3) Da Inglaterra: O governo mundial proposto por Baha’u’llá pretende usar o sistema parlamentarista de consulta e cooperação tendo como um executivo mundial alguém da coroa britânica (o Anticristo). Assim como na Inglaterra, a igreja terá grande participação no governo mundial através do parlamento das religiões, onde o falso profeta (o papa) será o líder supremo.

3) Da União Européia: Será aplicado em escala global o seu sistema financeiro unificado (o euro).

3) E da Terra gloriosa (Israel): A casa universal e a casa guardiana aguardam a chegada de dois mentores espirituais praticantes de maçonaria e cabala.

Em quanto o parlamento mundial não é criado para unificar todos os sistemas descritos acima, compete a Casa Universal de Justiçapromover a “paz” menor até a retirada de Baha’u’llah do abismo.

Somente com a retirada de Baha’u’llah ele receberá o poder e o trono de satanás para influenciar a mente de seus 12 Apóstolos humanos (A besta de 10 chifres e a de 2 chifres) para criarem a grande assembléia mundial.

Para consolidar toda essa nova ordem Baha’u’llah propôs um imposto único sobre operações financeira como a taxa Tobim (algo semelhante a uma CPMF global) e de forma definitiva instalar a nova ordem portadora do seu nome, número e sinal.

A última cartada de satanás para colocar os evangélicos no futuro parlamento foi disfarçar o número da Besta de 10 chifres da seguinte forma:

Baha’u’láh dividiu a assembléia mundial em três grupos de três pessoas (3+3+3) e isolou o Anticristo (1) do grupo como aprendiz. A ONU procura um líder mundial não do tipo sabe tudo (clique aqui para ler) e sim alguém que cresça no poder de forma gradativa. Dessa forma quando os líderes evangélicos (por não lerem, detestarem o livro de Apocalipse e pela falta de discernimento) verão apenas nove pessoas e descartarão o aprendiz,ou seja, o Anticristo. Dessa forma serão levados como gado para o matadouro.

 



segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Já pensou que em breve você poderá, está votando num governo mundial?

Governo Mundial não é uma ameaça: é uma realidade; já está instalado e em pleno funcionamento. O que ocorre é que quem está submerso no processo não percebe


O Governo Mundial não é uma ameaça: é uma realidade; já está instalado e em pleno funcionamento. O que ocorre é que quem está submerso no processo não percebe, tal como Maria Antonieta que, ao mandar o povo comer brioches já estava quase sem cabeça e não sabia de nada! Quem tem autoridade moral – e logo, logo, militar – sobre todo o mundo hoje em dia? Quem dita as normas de conduta ética? Quem tem o poder de guerra e de paz? Não é a Organização das Nações Unidas?
Estamos acostumados a tomar como certo tudo que a ONU diz e determina. Suas estatísticas são incontestáveis. Suas recomendações são ordens. Tudo que de lá vem é bom, por princípio! Pois não é lá que se defende a paz e a harmonia entre os homens?Uma espécie de deus de uma religião pagã? Seus funcionários se metem em tudo através das diversas ‘agências’ – sofisma que será empregado até poderem usar o nome verdadeiro: Ministérios Mundiais! A burocracia já atingiu níveis nunca alcançados em nenhum outro lugar, nem mesmo na URSS. Recomendo darem uma olhada em http://www.unsystem.org/ para verificarem o grau com que estamos aprisionados à ela. São mais de 130 agências, comissões, sub-comissões, delegacias, inspetorias, etc., das quais conhecemos uma parte ínfima mas pelas quais já se pode perceber o tremendo poder de que dispõem.
É a UNESCO que determina os currículos do mundo inteiro (ver meu True Lies para saber a origem dos mesmos). É a OMS que diz o que podemos comer, como devemos cuidar de nosso corpo e mente, que medidas sanitárias devemos usar. A OMC determina como deve ser o comércio mundial. A AIEA determina quem pode ter armas nucleares. A UNICEF estabelece as categorias nas quais temos que cuidar de nossos filhos, quantos devemos ter.A FAO distribui os plantios agrícolasO complexo bancário FMI/BANCO MUNDIAL/BID decide quais países serão economicamente viáveis, quais devem falir (como fizeram com a Argentina após a Guerra das Malvinas/Falklands, no que Estulin está absolutamente correto). São tantas as ‘agências/ministérios’ que nem sei quem determina a falácia chamada IDH – Índice de Desenvolvimento Humano.
Da mesma forma que a campanha contra o fumo foi um teste bem sucedido, como denuncia Estulin, para medir o grau de sujeição hipnótica da população mundial, a campanha do desarmamento também o é. A absurda aversão ao cigarro e aos fumantes prova que uma propaganda subliminar bem feita é capaz de converter facilmente milhões em robôs ou cães de Pavlov: toca a campainha os cães salivam, acenda um cigarro e os robôs se enchem de indignação! Ninguém se espante se algum dia a OMS disser que andar de quatro faz bem para a coluna, aumente exponencialmente o número de quadrúpedes na Terra, todos alegrinhos com as ‘melhoras’ obtidas.
A mesma coisa se esperava da campanha pelo desarmamento. Como tudo na ONU passa necessariamente pelo Conselho de Segurança, como é que alguém pode acreditar que o desarmamento interessa à ONU se os cinco Membros Permanentes, com direito de veto, são os cinco maiores produtores e exportadores de armas do mundo? Ingenuidade tem limite, a partir do qual é burrice! A prevista oposição dos EUA permite aos demais votarem tranqüilos contra seus próprios interesses econômicos pois sabem que a culpa recairá, como sempre nos malvados EUA fazedores de guerra. Mas os EUA não são inocentes! O que impede seu governo de votar a favor e fingir-se de bonzinho é algo que tem mais de 200 anos: a Segunda Emenda à Constituição – e é dificílimo emendar a Constituição - e o poderoso lobby da NRA, National Rifle Association. A campanha anti-fumo começou pelos EUA, povo extremamente preocupado com a saúde; a do desarmamento pelo Brasil, possivelmente por ser considerado um povo atrasado, governado por paus mandados da ONU e fácil de convencer. Mas não contavam com o fato de que há vida inteligente por aqui capaz de organizar uma eficiente campanha para se descolar da pecha de defensores das armas em si, e se mostrar defensores do direito do cidadão à sua defesa e de sua família. A organização Pela Legítima Defesa, a APADDI-ASSOCIAÇÃO PAULISTA DE DEFESA DOS DIREITOS E DAS LIBERDADES INDIVIDUAIS, e a ONG Viva Brasil conseguiram reverter uma derrota certa em acachapante vitória.
A MISTIFICAÇÃO HIPNÓTICA

Criada dos escombros de uma das mais sangrentas guerras da história humana por uma população exausta ansiando por paz após seis anos de matanças, a ONU teve as condições propícias para já nascer hipnótica: as pessoas queriam se convencer de que a paz eterna é possível se criado um mecanismo internacional de diálogo entre as nações. Aí fica fácil iludir todo mundo, pois esta é a única condição sine qua non para o hipnotismo: o paciente desejá-lo. Mesmo seu inspirador não tendo as qualificações adequadas para defensor da paz: Josef Stalin, o segundo maior carniceiro da história só perdendo para seu dileto discípulo Mao Zedong. A organização já nasceu fruto da mentira pois um dos países fundadores, a URSS, jamais pretendeu respeitar a Declaração dos Direitos do Homem que cinicamente aprovava. Com o nascimento da ONU nascia simultaneamente a assimetria entre o tratamento dado às Nações: enquanto as democracias passaram a ser cobradas permanentemente pelo respeito aos direitos humanos, as ditaduras comunistas defendiam para si o hipócrita ‘princípio da autodeterminação dos povos e da não interferência em assuntos internos’. Hoje o Islã faz exatamente a mesma coisa!
É impressionante como pessoas que se dizem céticas, não acreditam, p.ex., em pesquisas eleitorais que em algum tempo se encontrarão com a realidade dos votos e serão desmascaradas se erradas, ao mesmo tempo têm uma fé cega nas estatísticas da ONU e tudo que vem de lá. Quem checa as estatísticas da ONU? Quem pode refutá-las e desmascará-las? Isto é impossível – seria necessário uma organização de igual tamanho. Acredita-se na autenticidade delas por quê? Fé? Dados que não podem ser refutados podem ser fraudados no sentido de atingir seus fins de dominação mundial.
Não é sem base que desconfio pois existe um sem-número de falsidades envolvendo esta organização, além das já apontadas. A começar pelo seu objetivo: supostamente, a paz. Seu belo símbolo – um globo terrestre branco sobre fundo azul celeste – convida à paz e à tranqüilidade. Mas a pomba branca da paz mais ainda e poucos sabem que foi encomendada por Stalin a Picasso, que além de oportunista era comunista – para hipnotizar o Ocidente com suas intenções ‘pacíficas’ e espalhar a crença de que os países comunistas, onde se matava oficialmente por qualquer vintém, eram os ‘povos amantes da paz’ em oposição aos países capitalistas, cruéis fazedores de guerras.
A ONU não quer a paz, é pura lorota! Quer é a guerra; quanto mais guerra mais justifica sua necessidade e mais se apresenta como a única solução. Se acabarem-se as guerras, acaba a ONU! Alguém acredita que interessa aos médicos acabar com todas as doenças e ficar desempregados? Ou que interessa aos advogados fazerem leis simples que todos entendam e possam se defender sozinhos? Claro que não, mas a grande maioria acredita que a ONU quer a paz – e sua conseqüente auto-extinção! Para não ir muito longe leio aqui mesmo no Mídia Sem Máscara um artigo de Caroline Glick em que ela diz que o Hezbollah e seus aliados ganharam o último round do conflito com Israel. Pode até ser que no plano tático sim, mas no plano estratégico de longo prazo só a ONU saiu ganhando com o aumento dos efetivos da UNIFIL para supervisionar o re-armamento do Hezbollah, novos foguetes sobre Israel, nova reação ‘desproporcional’, novo cessar-fogo, nova Resolução e mais capacetes azuis! Perdem Israel, Hezbollah, Líbano, Síria e Irã.
Para os donos do mundo que usam a ONU como instrumento não interessa a mínima ganhos táticos nem se importam com número de mortos, feridos, crianças, velhos; só interessa a estratégia de longo prazo de domínio mundial.Perde principalmente os EUA, a única potência que poderia enfrentar a ONU simplesmente se retirando, parando de subsidiá-la e a expulsando das margens do East River! Quando Bush atacou o Iraque contrariando as decisões do Conselho de Segurança, deu o primeiro passo do que acreditei seria a desmoralização total da ONU. Mas não prosseguiu, apesar de ter nomeado John Bolton como Embaixador, que é um dos poucos que sabe realmente o que é a ONU. É a última esperança.
(*) Heitor De Paola

O autor é escritor e comentarista político, membro da International Psychoanalytical Association e ex-Clinical Consultant, Boyer House Foundation, Berkeley, Califórnia, Membro do Board of Directors da Drug Watch International, e Diretor Cultural do Farol da Democracia Representativa (www.faroldademocracia.org) . Possui trabalhos nas áreas de psicanálise e comentários políticos publicados no Brasil e exterior. E é ex-militante da organização comunista clandestina,Ação Popular (AP).
Referência:


domingo, 24 de novembro de 2013

A marca da Besta e a reconstrução do templo de Salomão,

Durante muitos anos, vários teólogos atribuíram a reconstrução do templo ao Anticristo usando como inspiração II Tessalonicenses 2:4:

O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus. (II Tessalonicenses 2 : 4)

Teólogos como FRIEDRICH HEILER (1892–1967) foram responsáveis por esse tipo de interpretação que é amplamente usada por exemplo pelo CAPES (artigo em PDF).

O teólogo ecumênico Heiler foi um grande admirador dos ensinamentos de Baha’u’llah chegando ao ponto de escrever a seguinte frase:

“... Classificar a Fé Bahá'í entre as seitas islâmicas ou sub-comunidades é tão inadequado como classificar o Islã de uma seita judaica ou cristã. O próprio feito de que Bahá'u'lláh, como portador da última e mais exaltada revelação, assuma a posição que o Islã tem reservado para Maomé, torna clara a independência da religião bahá'í em relação ao Islã. Como um fenômeno histórico, a religião bahá'í se situa, então, em um status igual ao das outras religiões universais: Hinduísmo, Budismo, Islã, Sikh e Cristianismo.”
Fonte: eurooscar

Para agravar mais a situação a ONU criou o Programa de Cátedras UNESCO. O programa é centrado nos estudos de pós-graduação, nesse caso teologia, que visam criar a cooperação internacional doensino superior com a nova ordem mundial de Baha'u'llah. Um dos objetivos do cátedras é infiltrar o marxismo comunista no cristianismo através de palestras e seminários como descrito abaixo:

"Marxismo e Cristianismo, Matrizes das Idéias Comunicacionais na América Latina"
http://www2.metodista.br/unesco/celacom2001.htm

Através desses e outros métodos surgiram vários livros sobre teologia completamente errados para preservar o nome de Baha’u’llah e suanova ordem. Esse tipo de interpretação atribui ao Anticristo um título que pertence a besta do Abismo (Ap 17:8).

Baha’u’llah estabelecerá o seu reino nas regiões celestiais do mal e não terra. Isso encontra-se escrito em uma passagem do seu assustador livro O Senhor das Hostes:

“...O Jovem celestial ascendeu ao Trono da glória, tornou manifesta sua soberania independente, e agora anuncia, nos versos mais doces e maravilhosos, este chamado entre a terra e o céu: "Ó povos da terra...”

A ascensão de Baha’u’llah ocorrerá após a sua manifestação espiritual , ou seja, a apostasia que já está sendo preparada através das metas do milênio. Essa é exatamente a ordem em que os acontecimentos proféticos do Apocalipse devem acontecer como descrito abaixo:

Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, (II Tessalonicenses 2 : 3)

Pare se assentar no suposto trono de DEUS e querer parecer DEUS é necessário que o templo seja espiritual e possua valores espirituais. É exatamente esse o ponto de vista que os maçons tem sobre o templo de Salomão:

“...não tentamos reconstruir materialmente o Templo de Salomão; é um símbolo, nada mais - é o ideal jamais terminado, onde cada maçom é uma pedra, preparada sem machado nem martelo no silêncio da meditação. Para elevar-se, é necessário que o obreiro suba por uma escada em caracol, símbolo inequívoco da reflexão. Tem por materiais construtivos a pedra (estabilidade), a madeira do cedro (vitalidade) e o ouro (espiritualidade)...”
http://www.pedreiroslivres.com.br/templosalomao.htm

Como os maçons não possuem essa intenção, o templo pode ser construído em outro local . E também não a necessidade de destruir a Mesquita de Aqsa (local que segundo-a fé Islâmica -foi construído o Templo de Salomão). Foi para esse fim, a construção de um templo simbólico, que a fé Baha’i demarcou o local da futura construção com um obelisco (um símbolo maçônico) em haifa:

Esse templo possuirá apenas um valor de referência para as “orações”. E será nesse local que o Anticristo(por ser um depravado e imoral ) fará as suas orgias e profanará o santuário como descrito pelo profeta Daniel:

E braços serão colocados sobre ele, que profanarão o santuário e a fortaleza, e tirarão o sacrifício contínuo, estabelecendo abominação desoladora. (Daniel 11 : 31)

O Anticristo maquinará seus projetos não em Jerusalém, mas em uma província fértil de Israel.

Virá também caladamente aos lugares mais férteis da província, e fará o que nunca fizeram seus pais, nem os pais de seus pais; repartirá entre eles a presa e os despojos, e os bens, e formará os seus projetos contra as fortalezas, mas por certo tempo. (Daniel 11 : 24)

O monte Carmelo em Haifa- Israel é hoje a terceira província mais fértil exatamente como descrito pelo profeta Daniel.

Com o auxílio desse templo de canalização espiritual o Anticristo honrará a um deus estranho que quase ninguém ouviu falar:

Com o auxílio de um deus estranho agirá contra as poderosas fortalezas; aos que o reconhecerem multiplicará a honra, e os fará reinar sobre muitos, e repartirá a terra por preço. (Daniel 11 : 39)

E por fim...São poucas as pessoas que já ouviram falar da nova ordem mundial de Baha’u’llah.


domingo, 17 de novembro de 2013

O diabo contra as famílias no Brasil, SENADO PODE APROVAR ESTA QUARTA FEIRA-DIA 20 O PLC 122

PLC 122: A AMEAÇA DO "GÊNERO"

Sou Julio Severo, autor do livro "O Movimento Homossexual",publicado pela Editora Betânia na década de 1990. Desde então, tenho dado vários alertas para o público, especialmente com
relação às ameaças da agenda gay.

Hoje, trago um importante alerta sobre o PLC 122, um projeto do PT concebido para criminalizar a chamada "homofobia", conceito muitas vezes interpretado como qualquer opinião contrária às práticas homossexuais. Conforme a Agência Senado, o senador Paulo Paim (PT-RS) entregou nesta quinta-feira (14) à Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) seu substitutivo ao Projeto de Lei da Câmara (PLC) 122/2006, e anunciou
que o projeto poderá ser votado na próxima quarta-feira (20).
http://www12.senado.gov.br/noticias/materias/2013/11/14/cdh-pode-votar-na-quarta-projeto-que-criminaliza-homofobia

O substitutivo pode ser lido em sua íntegra neste endereço:

http://legis.senado.leg.br/mateweb/arquivos/mate-pdf/140405.pdf

Segundo Paim, sua versão do PLC 122 omitiu propositalmente
agora o termo "HOMOFOBIA". Conforme a matéria acima, ele
havia anunciado com antecedência: "NO TEXTO, NÃO VAI ENTRAR A PALAVRA
HOMOFOBIA".

http://www12.senado.gov.br/noticias/materias/2013/11/14/cdh-pode-votar-na-quarta-projeto-que-criminaliza-homofobia

O termo traiçoeiro, mas não seu espírito, foi removido. As ameaças explícitas foram removidas.Mas outras ameaças, não explicitas, estão presentes. Sob a roupagem de uma legislação punitiva, o projeto pretende ser o veículo para introduzir na legislação brasileira os conceitos de "ORIENTAÇÃO SEXUAL" e "IDENTIDADE DE GÊNERO", agora mais
reforçados do que nas versões anteriores. O projeto cita doze vezes o conceito de gênero e identidade de gênero e seis vezes o conceito de orientação sexual.


COMPREENDENDO O PLC 122 E OS TERMOS
"ORIENTAÇÃO SEXUAL" E "IDENTIDADE DE
GÊNERO"

====================================================

O PLC 122 introduz na legislação brasileira o conceito de
"GÊNERO". A única lei que até hoje contém o termo
"GÊNERO" é a Lei Maria da Penha, porém com o sentido
unicamente de sexo (masculino e feminino). A Lei Maria da Penha
refere-se à violência doméstica contra a mulher, conforme declarado
em seu primeiro artigo:

"ESTA LEI CRIA MECANISMOS PARA COIBIR E
PREVENIR A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E
FAMILIAR CONTRA A MULHER, E ESTABELECE
MEDIDAS DE ASSISTÊNCIA E PROTEÇÃO ÀS
MULHERES EM SITUAÇÃO DE VIOLÊNCIA
DOMÉSTICA E FAMILIAR".

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/lei/l11340.htm

O problema no caso do PLC 122 é que o conceito de
"GÊNERO" em seu texto não é mais sinônimo de sexo masculino e
feminino. "GÊNERO" no PLC 122 é uma construção
ideológica para sustentar uma variedade flexível de
"SEXUALIDADES" inventadas.

O PLC 122 introduz também o conceito de "ORIENTAÇÃO
SEXUAL". Esse conceito é, do ponto de vista lógico,
anterior ao conceito de gênero. Para alcançar o conceito de
"GÊNERO" como algo totalmente diferente da definição
tradicional de sexo biológico masculino e feminino é necessário
passar pelo conceito de "ORIENTAÇÃO SEXUAL". Uma vez
consolidada a idéia de que existem várias "ORIENTAÇÕES
SEXUAIS", a Esquerda sexual apresenta sua explicação de que
não existem sexos, mas existem gêneros, que são
"CONSTRUÇÕES SOCIAIS", não biológicas. Ora, se
o que existe não são mais os "SEXOS", mas sim os
"GÊNEROS", e se os "GÊNEROS" não são mais
biológicos, mas simples "CONSTRUÇÕES SOCIAIS",
neste caso a família tradicionalmente entendida, como originária da
união entre um homem e uma mulher, deixa de fazer qualquer sentido.
Deste modo, a ideologia de gênero está sendo introduzida na
legislação como uma bomba relógio com o objetivo de destruir o
conceito tradicional da família como a união de um homem e uma mulher
vivendo com compromisso de criar e educar filhos.

A bomba relógio trazida pelo PLC 122 está armada para ser
detonada o mais rapidamente possível. Já está tramitando na
Câmara dos Deputados um projeto de lei, produzido pela Comissão
Parlamentar Mista de Inquérito sobre a Violência contra a Mulher
no Brasil, que introduz a "IGUALDADE DE GÊNERO" nas
metas da Lei de Diretrizes e Bases da Educação nacional. Esse
projeto, o PL 6010/2013, está avançando em regime de
urgência, para ser aprovado diretamente no plenário do Congresso
Nacional. Sua tramitação e conteúdo podem ser examinados neste
endereço: 

http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=585624

Ora, bastará que o conceito de "GÊNERO" seja oficialmente
reconhecido e imposto na legislação pelo PLC 122, para que não
exista mais nenhum motivo que possa ser apresentado pelos legisladores
como fundamento para que se recusem a aprovar o PL
6010/2013, que introduzirá e imporá a "IGUALDADE
DE GÊNERO" nas metas da Lei de Diretrizes e Bases da
Educação Nacional. Com isso, todos os alunos serão obrigados a
aprender nas escolas a ideologia de gênero, que apresenta como
sexualidade toda a abundância de opções fora dos padrões
relacionados com a construção de uma família tradicional, uma
instituição que não têm qualquer sentido dentro da ideologia de gênero. Com a ideologia de gênero imposta pela lei na educação, os kits gays, bissexuais, transexuais, lésbicos, etc., serão
obrigatórios para as crianças em idade escolar. Esta tendência já está sendo imposta a nível internacional. O escritório regional para a Europa da Organização Mundial da Saúde, em conjunto com o Centro Federal Europeu para a Educação
em Saúde, com sede em Colônia, acabam de publicar o documento
"PADRÕES PARA A EDUCAÇÃO SEXUAL NA
EUROPA". O texto pode ser lido neste endereço:

http://www.bzga-whocc.de/?uid=4b35e14ad2b082e34cd65f24fc7a1b58&id=Seite4489

O documento afirma que a educação sexual obrigatória na Europa em todas as escolas começou em 1955, estendendo-se em seguida para os outros países escandinavos, a Alemanha, a Áustria, a Holanda e a Suíça, embora não tenha se tornada obrigatória nesses países. O texto afirma que lamentavelmente a educação sexual dada nas escolas
da Europa concentra-se