Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Refletindo sobre o dilema de Asafe no salmo73 e o meu dilema atual. Parte-VI.



Salmo 73-5-6- Não se acham em trabalhos como outros homens, nem são afligidos como outros homens.  Por isso a soberba os cerca como um colar; vestem-se de violência como de adorno.
                                        Estes versos se completam e sendo desnecessária a separação destes dois textos, o que queremos considerar aqui é a relação de causa e efeito, ímpios prosperam mesmo com a prática do mal, o que lhes leva ao V. 5. A porção do bastardo contrastada com aquela do filho verdadeiro. enquanto o V1,suportar literalmente", com o sol, contemporâneo ", com sua existência, e antes, ou, na presença da lua, enquanto ela durar (compare Gênesis 11:28," antes de Terah, "literalmente", na presença de ", enquanto ele vivia).” 
                                                                                                                               Os ímpios com quanto tem suas vidas cheias de prazeres mundanos não se importam com Deus ou como o que Ele pensa a cerca de suas vidas, no Salmos-10:4-Pela altivez do seu rosto o ímpio não busca a Deus; todas as suas cogitações são que não há Deus. Veja, para o ímpio Deus não existe, Ele pode até dizer “deus é meu dinheiro e as pessoas aqui embaixo” de forma mais arrogante, ele pode dizer que “deus é eu”.


É muito lógico que um ser humano que procede assim é nada mais nada menos do que um doente mental, tem uma patologia facilmente detectável, a psicopatia dá a estas pessoas a síndrome de lúcifer, o salmista vai muito longe porque ele enxergou o âmago da questão, o ímpio se acha superior a tudo e a todos, mas isto só lhe trás a ira de Deus, ele não fica impune.

“A prosperidade é uma coisa que Deus lhe dá para por seus pés em lugar escorregadios, um grande pregador analisou um texto Bíblico e chegou a uma conclusão: O senhor os põe em lugares escorregadios”, o Sermão de John Wesley é muito profundo por que aborda questões de uma vida prática.
             

A psicopatia é um distúrbio mental grave caracterizado por um desvio de caráter, ausência de sentimentos genuínos, frieza, insensibilidade aos sentimentos alheios, manipulação, egocentrismo, falta de remorso e culpa para atos cruéis e inflexibilidade com castigos e punições. Apesar de a psicopatia ser muito mais freqüente nos indivíduos do sexo masculino, também atinge as mulheres, em variados níveis, embora com características diferenciadas e menos específicas que a psicopatia que atinge os homens. http://pt.wikipedia.org/wiki/Psicopata


                                                                                                                                 
Estes todos os que apóiam um tipo de elemento destes, dentro de uma organização ou que lhes permitem agir como e onde quer, estão se colocando no mesmo nível dele, por isto o salmista se alarma de ver as pessoas correndo em direção aos poderosos opressores, ele não entende, até que se acha no templo, mais aí já e outra postagem.
Soli Deo Gloria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.