Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 6 de novembro de 2011

Refletindo sobre: MEC pai ou mãe do Enem, uma Instituição fracassada e imoral para Educação Brasileira!


Jeremias 32:33- E viraram-me as costas, e não o rosto; ainda que eu os ensinava, madrugando e ensinando-os, contudo eles não deram ouvidos, para receberem o ensino.

A minha vida toda estudei sempre em escolas públicas,  nunca tive os privilégios de estudar nas boas escolas particulares de minha cidade, mas isto nunca me impediu de lutar pelos meus objetivos, fiz três vestibulares, o primeiro foi em uma Universidade privada, cismei que queria ser administrador de empresas; o segundo foi na Univasf, o terceiro na Ufrpe, passei no primeiro, mas não tinha dinheiro para pagar as caras mensalidades do curso aí nunca pisei lá.


No segundo fiz uma péssima prova, por vários motivos, era ano eleitoral eu estava envolvido na coordenação de campanha de meu vereador; no terceiro passei, estou cursando até hoje, o curso que escolhi,foi algo da providencia Divina, eu nunca pensei em fazer uma licenciatura em computação, nem na modalidade (ead), que diga-se de passagem não fica devendo nada a nenhuma outra modalidade, mas o curso dos meus objetivos além de meu Bacharelado em teologia, ainda não está ao meu alcance.


Quando o Enem surgiu, pensei que agora estaria mais próximo de realizar meu objetivo, mas nas duas vezes que fiz a prova do Enem fiquei intrigado com algumas coisas, mas não são delas que quero falar e sim sobre a falência do Enem, digo que o Enem pelos escândalos que já são muitos, não é uma instituição confiável.
Esta última edição que participei e paras minhas condições e idade foi muito bem, é uma demonstração do fracasso do MEC em solucionar problemas, não é possível para qualquer pessoa racional achar que se a prova vazou no Ceará, não tenha vazado no resto do Brasil.
Para o Ministério da Educação, anular a prova no Brasil todo é impossível, mas se isto não for feito, como poderemos algum dia na vida confiar que qualquer prova do MEC seja séria, honesta e de resultados indiscutíveis? .

Como bem diz a Professora Eva Oliveira, Diretora da WEJ consultoria: “A nós cabe fazer nossa parte como educador e educando” os vestibulares da WEJ que ocorrerão no próximo dia 27 de novembro para cursos como Serviço Social, Administração, Teologia, Gestão Hospitalar e Educação física, são hoje mais confiáveis do que Mec.
Faço pedagogia na WEJ e digo vale apena investir em algo confiável e de credibilidade, coisas que o Enem está, ou melhor, deixou de ter, há algum tempo, caso queira saber mais sobre a wej vá ao site: http://www.wejconsultoria.com.br e confira o que dissemos.
A educação Brasileira como já disse vem colhendo fracasso após fracasso em seus índices, também com uma previsão de 7 a 10 do PIB, como esperar resultados melhores? Bem, acho que o Enem é uma instituição falida, o melhor é voltar a fazer seu próprio vestibular, ou adotarmos o sistema de notas para que o aluno saia do ensino Médio, vá direto para a Universidade, basta somar suas medias desde a pré- escola até seu último ano do Ensino Médio, soma, dar uma média geral que deve ser no mínimo sete, no contrario estuda mais um ano.


Bem, temos de pensar soluções como disse em minha redação do Enem: a vida em rede, ainda é a vida em sociedade e todos tem direitos, deveres e responsabilidades, uma de nossas responsabilidades é pensar alternativas para problemas que nos afetam, como a todos os Brasileiros e os fracassos do MEC, realmente tem sido um desastre para o Brasil e os Brasileiros.                         
 Soli Deo Gloria. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.