Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Onde está o recém nascido Rei dos Judeus?

Mateus 2-2-3 Dizendo: Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? porque vimos a sua estrela no oriente, e viemos a adorá-lo. E o rei Herodes, ouvindo isto, perturbou-se, e toda Jerusalém com ele.


Não vamos fazer uma analise profunda do texto dentro seu contexto histórico e cultural, o que vamos fazer é uma justa posição da pergunta dos magos orientais as nossas, não mais sobre o rei recém nascido mais sobre o rei dos reis e senhor dos senhores, onde Ele está agora? O que está fazendo O Rei dos reis quando o mal parece ser tão forte e quando a maldade parece ter dominado os corações e mentes da humanidade; onde está O Rei dos reis quando o mundo mergulha em um lamaçal de pecaminosidade, adultério, roubo, lascívia, prostituição e fornicação parecem ser tão normais e naturais que as pessoas, não se dão conta de que o Natal representa sobretudo uma condenação ao mundanismos ao pecado, etc. Mais onde está O Rei dos reis e Senhor dos senhores quando somos perseguidos, insultados, humilhados, desmoralizados? Onde está o Rei dos reis e Senhor dos senhores quando somos vitimados por bullyings, calúnias, injurias, difamações, ameaças de morte, etc.? Onde está o Rei dos reis e Senhor dos senhores quando estamos cambaleantes e estamos fracos em nossa fé; esperando uma resposta que não vem ou uma intervenção da providência Divina e como Asafe no salmo 73: tudo o que vemos é a prosperidade do ímpio.

Onde está O Rei dos reis e Senhor dos senhores quando tudo a nossa volta parece não fazer sentido, quando os valores são invertidos e nós somos rotulados, com rótulos tão degradantes que não há como negar o por quê um Cristão servo do Deus Eterno esta passando por isto ? bem, aí devemos nos perguntar onde está o rei dos reis e senhor dos senhores?.
O Recém nascido Rei dos Judeus não estava nos palácios, não estava em mansões confortáveis, não estava em casas de ricos e endinheirados, não estava nas grandes sinagogas e templos, monumentais e de bela arquitetura, como Abu Simbel ou Éfeso no templo de Diana, não estava numa grande cidade, Ele estava no mais humilde dos lugares da época, estava numa manjedoura com cabras, bois, ovelhas, jumentos, etc. Foi anunciado à humildes pastores; mais festejado por anjos, o recém nascido Rei dos Judeus estava em uma manjedoura.



Mais o Rei dos reis e Senhor dos senhores que também não está nos grandes palácios da terra, não está nos suntuosos casarões da alta sociedade, não está nos templos lotados de ídolos e imagens de escultura, não está em templos evangélicos onde se vendem milagres e sinais por preço determinado, não, Ele não está entre os ricos e gananciosos comerciantes da era neo -pós-moderna, que só pensam em lucro fácil.

Mas onde está mesmo o Rei dos reis e Senhor dos senhores? David responde bém a nossa pergunta quando diz:” Porque dirão os gentios: Onde está o seu Deus? Mas o nosso Deus está nos céus; fez tudo o que lhe agradou.”

Podemos dizer que O Rei dos reis e Senhor dos senhores está nos céus e faz tudo quanto lhe agrada e como disse Habacuque: “ Se tardar espera-o ainda porque certamente virá e não tardará”, O Rei dos reis e Senhor dos senhores está nos céus e neste momento intercede a destra de Deus por nós os seus servos, sobre isto acho conveniente o que diz a Ultimato nas palavras do Rv. Derval Dasilio: “ Como hoje, prevalecia o deboche dos opulentos sobre os mais fracos, dos controladores da sociedade que festejam o Natal com seus coquetéis de absinto e heroína e comprimidos mágicos de ecstasy, embriagados e excitados com o luxo e sucesso econômico, enquanto vivem a hipocrisia da abundância (haja o que consumir para satisfazer a sociedade do lixo e do desperdício!).

Cabe-nos observar a “luz” que se derrama sobre os “impérios sagrados” da economia mundial e suas impiedades estruturais (Mt 2.7), mantenedores de abismos entre bem-postos e miseráveis. Augusto, imperador, era considerado “divino”; alguém que quer ter o poder “sagrado” de controlar, submeter, recolher tributos, royalties, taxas de empréstimos, de todos os habitantes da terra que, no seu entender de governante mundial, lhe devem e têm que pagar, irrevogavelmente (Domiciano, pouco depois, comovido, declararia sem rebuços: eu sou Deus!).”

A quem pense que Jesus não vai voltar, a quem pense que as injustiças e maldades ficaram impunes, o menino nasceu, cresceu, morreu e ressuscitou e está vivo nos céus, mais da manjedoura para o domínio do universo foi só uma questão de tempo e logo, logo O Rei dos Reis e Senhor dos Senhores estará de volta para reivindicar, o louvor e a honra que lhe são devidos.

Então, não devemos nos desesperar e nem temer o mal, pois ainda que andemos pelo vale da sombra da morte o senhor nos guardará, a justiça e o juízo um dia terão lugar e como diz o velho Armando F. :“ O que ouvirá quem pode fazer o bém e não fez?.” Sim o Rei dos reis e Senhor dos senhores está a destra do Pai aguardando apenas o momento de mandar tocar a ultima trombeta e o arcanjo bradar dizendo: vinde filhos é chegada a hora da Redenção final e total.

Foram dele mesmo as seguintes palavras: “ E o que vivo e fui morto, mas eis aqui estou vivo para todo o sempre. Amém; E tenho as chaves da morte e do inferno. Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente cedo venho. Amém. Ora vem, Senhor Jesus.

Soli Deo Gloria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.